sexta-feira, 22 de junho de 2012

Medos e Versos


Medos e versos, não vou esconder os meus versos, em papeis amassados, mesmo que eles sejam incultos em suas falas, brotem borrados, ainda que falem de medos e incertezas.
 Afinal eu sou os meus versos, e meus versos me têm. E eu tenho medos e versos.
Djavan Lopes. 

4 comentários:

  1. Vim aqui deixar um presente pra vc,
    meu selinho em comemoração aos 500 seguidores do blog.

    Espero que goste e leve-o!

    Beijos meus...
    segue o link do meu carinho a vc:
    http://momentosdapathy.blogspot.com.br/2012/07/meu-muito-obrigada.html

    "Que seja doce..."

    ResponderExcluir
  2. ninguém escreve para não ser lido. vm

    ResponderExcluir